• João Pessoa

    (83) 2107-0406

  • Campina Grande

    (83) 3321-6969

  • Patos

    (83) 3421-2924

  • Cajazeiras

    (83) 3531-2329

Câmara Municipal de Patos concede Voto de Aplauso ao presidente do Creci-PB

18/05/2017

A Câmara Municipal de Patos aprovou, à unanimidade voto de aplausos propostos pelo vereador Ariano Medeiros de Araújo ao presidente do Creci-PB, Rômulo Soares, pela realização da fiscalização do programa Sociai MCMV no conjunto habitacional Vista da Serra no mês passado, durante operação realizada pelo Grupo Especial de Agentes de Fiscalização Federal do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (GEAF), com apoio de fiscais do Órgão.

Início pelo Sertão

A ação teve início terça-feira pelo Alto Sertão da Paraíba, com foco no combate à venda de imóveis destinados a pessoas de baixa renda através da faixa 1 do “Programa Social Minha Casa Minha Vida” – que não podem ser comercializados num período de 10 anos – com intermediação de corretores, empresas imobiliárias e falsos profissionais.
Na cidade de Sousa, foram inspecionados os conjuntos habitacionais Residencial Lagoa dos Patos e Residencial Sousa, construídos através do MCMV, com 275 e 455 unidades. Em Patos, a inspeção se deu no conjunto habitacional, que tem 246 unidades. Do total de 976 unidades fiscalizadas nas duas cidades foram verificadas 102 irregularidades e 103 suspeitas, dentre elas locação, venda, cessão de imóvel e imóveis abandonados.

Em CG e João Pessoa

Em Campina Grande, dentre 26 imobiliárias inspecionadas, 8 pessoas foram autuadas por exercício irregular da profissão de corretor de imóveis, lavrados 32 autos de infração por falta de registro de incorporação e 29 por autorização de venda.
Por fim, na Região Metropolitana de João Pessoa, sobre anúncios por empresas imobiliárias de empreendimentos sem registro de incorporação e combate ao exercício ilegal da profissão de corretor de imóveis. Na Capital, a fiscalização resultou em 50 autos de constatação, 20 notificações, dois autos de infração por exercício ilegal da profissão, dois autos de infração de autorização e seis autos de infração diversos.


Voltar