• João Pessoa

    (83) 2107-0406

  • Campina Grande

    (83) 3321-6969

  • Patos

    (83) 3421-2924

  • Cajazeiras

    (83) 3531-2329

  • Santa Rita

    (83) 2107-0412

Curso capacita corretores de imóveis a se tornarem especialistas imobiliários internacionais

O Sistema Cofeci-Creci, realizará entre os próximos dias 23 a 27 de julho na cidade do Rio de Janeiro o curso Certified International Property Specialist (CIPS), voltado à formação de especialistas em negócios imobiliários internacionais. Maiores informações sobre o evento e inscrições podem ser obtidas através do e-mail eventos@cofeci.gov.br ou pelo número (41) 99676-2197.

A capacitação, que consiste em cinco intensos dias de aula aporta conhecimento para globalizar a atuação do profissional interessado em negociar propriedades em outros mercados.

Passei a ter elementos concretos e realistas para atender clientes internacionais que buscam imóveis no Brasil, através de aulas dinâmicas, objetivas e muito bem elaboradas, ministradas por pessoas experientes e preocupadas na qualidade do aprendizado”, disse a corretora de imóveis paraibana Thamara Bastos, que já teve oportunidade de participar desse curso em Brasília.

Ela destacou que após a obtenção da certificação, passou a constar no grupo de membros da National Association of Realtors (NAR), o que se traduziu na porta de entrada para este mundo de oportunidades internacionais, por ter identificado no curso a oportunidade para se tornar uma profissional capacitada nas relações imobiliárias em níveis nacional e internacional.

Procuro estar sempre atualizada no âmbito da gestão empresarial, gestão e desenvolvimento de negócios imobiliário nacional e internacional, através da participação em cursos de formação, seminários e palestras como esse, que recomendo”, concluiu.

O evento conta com o apoio do Creci da 1ª Região (RJ), Abadi, Premier Turismo, LatamCILA e da Associação dos Corretores de Imóveis dos Estados Unidos (NAR), entidade com mais de  100 anos de existência, com participação em mais de 60 países.


Voltar